Notícias

Reportagem JTV UFMA

Black Friday ou Black Fraude? Saiba como evitar os golpes e aproveitar as ofertas

Confira as dicas para evitar ser vítima dos golpes e saiba como resolver caso aconteça.

 

 

 

A Black Friday é um dos eventos mais aguardados pelos consumidores que desejam realizar uma compra planejada com maior desconto, isso porque, toda última sexta-feira do mês de novembro, é sinônimo de promoção, mas os risco de cair em falsas ofertas é grande. Segundo a empresa referência em inteligência de dados, ClearSale, houve um aumento de mais de 131% nas tentativas de enganação em compras pela internet durante o mês da Black Friday brasileira de 2021, em comparação a 2020.

A data tem origem nos Estados Unidos e chegou no Brasil em 2010, mas com a má fama de ser uma fraude por causa dos valores irreais dos produtos. No ano de 2019, os dados divulgados pela Promobit, mostram que no período do Black Friday, o número de ofertas aumentou e os descontos chegaram a 77% do valor original do produto, diminuindo o receio e conquistando, desde então, muitos brasileiros.

Apesar do perigo existente das fraudes na Black Friday, muitas ofertas são de fato vantajosas. Confira como evitar os golpes aplicados por lojistas mal intencionados neste evento:

  1. Procure sempre pesquisar o nome da loja na internet junto ao termo “fraude”, a fim de averiguar a existência de algum feedback negativo contra a empresa. Além de proporcionar informações sobre a conduta do site, e a verificação da veracidade do site.

  1. Desconfie dos preços muito baixos, ou de descontos absurdos de um produto. Lojistas que aplicam o golpe, aumentam os preços na véspera do evento para anunciar descontos mais vantajosos do que o normal.

  1. Se deseja realizar compras online, verifique o valor do frete para entrega do produto. Existem casos em que o produto está com um ótimo valor, mas na hora de pagar, o valor sobe absurdamente quando somado com o frete, por conta do valor abusivo do mesmo para compensar o desconto ofertado no produto.

  1. Fuja de links suspeitos recebidos via whatsapp, SMS e redes sociais. Se deseja conferir se aquela oferta é verdadeira, basta abrir uma nova aba e procurar o produto daquela loja. Se não encontrar, há grandes chances de ser fraude.

Caí no golpe, e agora?

O indicado é que a vítima faça um boletim de ocorrência e busque ajuda jurídica. As denúncias podem ser feitas pelo site, aplicativo ou nas unidades físicas de atendimento do PROCON/MA.