CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS

CAMPUS IMPERATRIZ

O que faz um profissional formado?

O curso de bacharelado em Engenharia de Alimentos tem como objetivo capacitar os alunos para o atendimento das exigências técnico-científicas e operacionais do setor produtivo de alimentos, tal como atuação na garantia da qualidade dos alimentos e na segurança alimentar da comunidade. 

O que você aprende?

O curso de Engenharia de Alimentos proporciona uma formação generalista, capacitando os alunos a absorver e desenvolver novas tecnologias estimulando a sua atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando os aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais causados pelos impactos ao meio ambiente e ao homem em atendimento às demandas da sociedade, com visão ética e humanística.

E depois de formado?

O Engenheiro de Alimentos é habilitado a elaborar e desenvolver projetos, novas tecnologias, estimulando a atuação crítica e criativa, na identificação e resolução de problemas referentes à fabricação, conservação, armazenamento e transporte de alimentos industrializados. 

Participa de todas as etapas de preparo e conservação de alimentos de origem animal ou vegetal, da seleção das matérias-primas e definição do sistema de armazenagem até o projeto das embalagens dos produtos.

Pode atuar em órgãos governamentais de fiscalização de alimentos e bebidas; Órgãos de pesquisa; Indústrias de alimentos; Instituições de Ensino e Pesquisa; Consultorias nas especialidades de seu campo de atuação. 

 

Qual a duração do curso?

Ofertado somente no turno integral, o estudante tem o período mínimo de integralização de 10 semestres letivos. 

 

Onde encontrar na UFMA?

As aulas ocorrem no prédio do Centro de Ciências Sociais, Saúde e Tecnologia, no câmpus da UFMA em Imperatriz.

 

Depoimentos:

Bianca Almeida de Souza

 

"A jornada acadêmica apresenta seus desafios, mas cada conquista é carregada de aprendizados e experiências, que são fundamentais na construção de todo profissional. Conheci o curso durante o período do vestibular e me apaixonei pela área. Atualmente, sou bolsista de iniciação científica e juntos com a equipe do NEPSQTIA compomos o Grupo de Pesquisa Ciência e Tecnologia de Alimentos – UFMA. Apresento experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, com ênfase no desenvolvimento de produtos a partir de plantas alimentícias não-convencionais (PANCs) e entre os estudos já desenvolvidos está a farinha feita a partir da vinagreira, planta base para os pratos típicos maranhense cuxá e arroz de cuxá, sendo uma proposta para maior agregação de valor a essa matriz regional."

 

Vinícius Costa Barros

 

"Estudar nesse curso me trouxe a experiência de como aplicar esforço, estudo e muita dedicação. Atualmente participo como bolsista de Iniciação Científica no laboratório de Bioprocessos, na área de fermentações. Já atuei como monitor em várias disciplinas, onde percebi a afinidade com a área docente. O curso traz experiências de conteúdos diversos, multi e transdisciplinar, atividades dentro e fora da sala de aula. Atualmente as aulas estão sendo de forma remota, por plataformas on-line, ao vivo (síncrona) e Off line (assíncrona)."

 

laboratório de análise de alimentos

Discentos e Docente no Laboratório de Análise de Alimentos.